Categories

Most Viewed

GrainChain, agtech do Texas, desembarca no Brasil

A startup texana GrainChain, de softwares para a digitalização e automatização do agronegócio, anunciou que está desembarcando no Brasil através de parceria com a MasterBarter, fintech de crédito voltada a produtores rurais. 

A empresa americana utiliza novas tecnologias, como blockchain e IoT, no desenvolvimento de produtos que facilitam o rastreamento da produção de commodities, o gerenciamento de estoques pré e pós colheita e a obtenção de crédito junto a fontes de financiamento, como a fintech brasileira.

“Nossa aliança traz acesso a uma variedade de produtos no agronegócio. Estes produtos geram transparência e agilidade beneficiando as empresas e criando valor para todos os participantes da cadeia”, disse Walter Dissinger, CEO da MasterBarter, à revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios. 

Inicialmente, a GrainChain pretende bancar a investida no Brasil com recursos próprios. Mas já acenou com a possibilidade de captar investimentos por aqui no futuro para acelerar o crescimento. 

Pé no fundo

O número de demissões em startups brasileiras já supera os 3 mil. Mas há empresas que também estão contratando, na contramão do mercado. A lista inclui nomes como Shopper, Omie, CRH&Bonus, Cobli e Insider, entre outras.  

Em franca expansão territorial, a Shopper, por exemplo, planeja seguir contratando cerca de 100 profissionais por mês, até o final do ano. A Omie pretende atrair cerca de 400. A Cobli fala em “centenas”, enquanto a Insider estima dobrar de 40 para 80 empregados. 

Há uma série de fatores que ajudam a explicar o fôlego das startups citadas para continuar a investir. Além de aportes recentes, a lista inclui margens brutas altas, perspectiva de equilíbrio financeiro no curto prazo ou uma operação que já dá lucro, se descontados os investimentos para acelerar o crescimento.

“Quem está demitindo são as startups que foram pegas no contrapé do fundraising. Elas estavam com o caixa apertado e contavam com uma nova rodada”, disse um investidor ao NeoFeed. 

Você só vê na [EXP]

Você é o que você faz – como criar a cultura da sua empresa

As reflexões de Ben Horowitz, cofundador e sócio da Andreessen Horowitz, sobre os caminhos mais eficazes para gerar comportamentos que sejam seguidos pela maioria dos empregados, na maioria das situações

Arezzo fatura alto com Whatsapp  

A Arezzo, uma das maiores empresas de calçados do país, está faturando alto com o Whatsapp. De acordo com Alexandre Birman, CEO da companhia, as vendas através do canal, intensificadas durante a pandemia, já representam 38% do total

Os contatos com os clientes são feitos pelas próprias vendedoras das lojas, em momentos de ociosidade. Quando não estão atendendo presencialmente, elas acessam um aplicativo que gera listas de contatos de clientes que compraram há 30 dias e aniversariantes.

Segundo Birman, a estratégia garantiu vendas de 60% a 70% durante os meses em que as lojas estiveram fechadas, no auge da pandemia. Assim que as lojas reabriram, a empresa decidiu mantê-la. “A produtividade cresceu absurdamente”, disse o executivo em entrevista à Bloomberg Línea.

De acordo com o Birman, as vendas via Whatsapp devem ser um dos principais motores do resultado recorde de vendas, que a companhia espera para o segundo trimestre.

Fique ligado

Pirataria digitalJustiça brasileira cumpre seu primeiro mandado de busca e apreensão no Metaverso.

NFT.Rio – exposição de arte digital reúne os trabalhos de mais de cem artistas, entre os quais criadores de alguns dos mais badalados tokens não-fungíveis do mercado. 

Exaltatech – a startup de seguros Azos anunciou aportes do cantor Thiaguinho e do empresário Marcus Buaiz, que farão parte do conselho de administração.

Touchdown – Amazon adquire direitos de transmissão esportivos para sua plataforma de streaming, a Prime Vídeo, e pode faturar alto com publicidade.

Ensaio cripto – depois de revolucionar a indústria da música no final dos anos 1990, a Napster planeja uma reformulação de sua plataforma de streaming a partir de NFTs.  

Gostou da nossa news?

Espalhe! É fácil de assinar e seus colegas e amigos podem acompanhar também.

É só clicar aqui e deixar seu e-mail.

Veja mais: Temos um canal de vídeo e newsletters com conteúdos exclusivos para assinantes.

Assine aqui.

Como estamos trabalhando? É sempre bom saber o que nossos leitores estão achando. Adoraríamos escutar suas impressões, críticas e sugestões à nossa newsletter e aos nossos produtos. Basta nos enviar um e-mail: exp@expnew.net.

Curadoria e edição: Dubes Sônego

    Leave Your Comment

    Your email address will not be published.*

    Forgot Password

    Header Ad