Categories

Most Viewed

Ebanx demite 340 empregados no Brasil

A startup curitibana de meios de pagamento internacionais Ebanx é mais uma entre os unicórnios brasileiros a enxugar a folha de pagamentos. O corte anunciado pela empresa foi de 340 pessoas, o equivalente a cerca de 20% dos 1,7 mil empregados. 

O motivo alegado pela companhia em comunicado distribuído à imprensa foi o “cenário do mercado de tecnologia como um todo, impactado de forma profunda e veloz pelo ambiente macroeconômico”. Segundo a empresa, que atualmente processa pagamentos em 15 países da América Latina, alguns projetos serão descontinuados.

O último aporte recebido pela startup, liderado pela Advent International, foi de US$ 430 milhões, em meados de 2021. Em dezembro, parte do dinheiro foi usado na compra da Remessas Online. O negócio foi fechado por US$ 229 milhões (cerca de R$ 1,3 bilhão).

QuintoAndar, Loft, Creditas, Facily, Olist, Vtex e Mercado Bitcoin foram outros unicórnios que já realizaram cortes este ano em função de mudanças no cenário macroeconômico.

QuintoAndar inicia internacionalização

Com a folha de pagamentos reduzida pelas demissões em abril, a startup brasileira QuintoAndar anunciou nesta terça-feira o início de sua expansão internacional pelo mercado mexicano. Lá fora, a plataforma de locação e venda de imóveis terá o nome de Benvi e começa com foco no segmento de locação. 

Um dos motivos para a escolha do México, onde 17% dos imóveis são alugados, foram as similaridades com o mercado brasileiro. Segundo a empresa, além do tamanho, tanto aqui quanto lá, as negociações costumam ser lentas, há muita burocracia e informalidade na gestão de propriedades. As informações sobre os imóveis são fragmentadas e é difícil para os inquilinos oferecerem garantias aos proprietários, que precisam lidar com a vacância.

“Se nós organizarmos como fizemos no Brasil, com fotos profissionais, agendamento online, entre outros, levaremos o mercado mexicano a outro patamar”, disse Gabriel Braga, CEO da companhia, a ExameInvest. A meta da empresa é ter a liderança no país.

O anúncio da intenção de desembarcar no México já havia sido feito em agosto de 2021, junto com o de uma captação de US$ 120 milhões. Pouco depois, no final do ano, a startup comprou o Grupo Navent, que já tinha presença no México, facilitando o processo.

Você só vê na [EXP]

Environment conservation concept. Close up of glass globe in the forest with copy space

“Em deep tech, nenhuma área micou” 

Na visão de Guy Perelmuter, CEO da gestora de investimentos de risco Grids Capital, startups de base científica estão saindo da pandemia fortalecidas pela forte aceleração da demanda no período 

Unicórnios latino-americanos supervalorizados?

Um estudo realizado pela Endeavor e a Glisco Partner sugere que sim. “Eles tem um valuation seis vezes maior do que o investimento que levantaram. Ao longo de 2022, esta proporção vai sofrer ajustes e terá desafios para se manter”, afirmam os autores. 

O mesmo estudo diz que os mais de 30 unicórnios da região têm uma receita anual média de US$ 148 milhões, e são avaliadas até 18 vezes acima dessa média. No caso de startups candidatas a unicórnios, essa relação chega a ser de 20 vezes.

O relatório traz ainda informações como o tempo médio estimado para uma startup alcançar o status de unicórnio na América Latina (sete anos), o percentual de unicórnios da região que adquiriram ao menos uma outra empresa desde 2018 (83%) e o número de pessoas que empregam (2156).  

Fique ligado

Corrida compartilhada – a Uber anunciou a retomada do serviço de compartilhamento de corridas, interrompido por causa da pandemia. 

Vai na fé – o conselho de administração do Twitter recomendou aos acionistas, por unanimidade, que aprovem a venda da companhia para Elon Musk.   

Se tá ruim tá bom – Wall Street tem agora um fundo para quem quer apostar contra as criptomoedas: é o ProShares Short Bitcoin ETF.

Precisa-se – na contramão de startups que estão cortando custos, há outras contratando, como a Agi, que tem 80 vagas abertas.

Happy hour

Softbank – o managing partner Alex Clavel está assumindo como CEO da divisão internacional da companhia, responsável pela América Latina. Ele entra no lugar de Michel Combes

Gostou da nossa news?

Espalhe! É fácil de assinar e seus colegas e amigos podem acompanhar também.

É só clicar aqui e deixar seu e-mail.

Veja mais: Temos um canal de vídeo e newsletters com conteúdos exclusivos para assinantes.

Assine aqui.

Como estamos trabalhando? É sempre bom saber o que nossos leitores estão achando. Adoraríamos escutar suas impressões, críticas e sugestões à nossa newsletter e aos nossos produtos. Basta nos enviar um e-mail: exp@expnew.net.

Curadoria e edição: Dubes Sônego

    Leave Your Comment

    Your email address will not be published.*

    Forgot Password

    Header Ad