Categories

Most Viewed

Startup de Fort Lauderdale desenvolve primeiro personal trainer digital usando IA

Altis, fundada pelo empreendedor e influenciador fitness Jeff Halevy, capta rodada de US$ 10 milhões para acelerar desenvolvimento de sistema operacional que corrige movimentos físicos em tempo real

Fique ligado:

1 – Influenciador fitness e lenda dos games que criou o Fornite se unem para lançar primeiro personal trainer virtual do mundo com promessa de baixo custo e alta eficácia.

2 – Plataforma de treinamento pessoal é um console que se adapta a qualquer tipo de tela e segue a mesma lógica dos games de exercício. Se o atleta não fez o movimento correto, o sistema corrige automaticamente mostrando o que precisa melhorar.

3 – Para aprimorar a tecnologia e divulgar o produto, startup de medalhões convida moradores da região para treinar com o sistema, e paga US$ 50 por cliente.

“A missão é aumentar o acesso e a qualidade do treinamento pessoal removendo o componente humano, que encarece custos, uma tendência irreversível neste mercado”, avalia o CEO da Altis, Jeff Halevy.

O mercado fitness é um prato cheio para desenvolvedores de hardware e software – que o digam os consumidores de gadgets e aplicativos de saúde e monitoramento de atividades físicas. E o cenário pós-pandemia, em que muitas pessoas passaram a adotar o lar como academia, dá um impulso a esta tendência. A previsão é de que o mercado fitness terá em 2025 um faturamento global de US$ 62,1 bilhões, mais de três vezes o que movimentava em 2019 (US$ 17,9 bi), segundo estudo do Research N Reports.

Enquanto a atual geração de tecnologias para atividades físicas é dominada por tecnologias vestíveis e plataformas de treino online, a próxima fronteira está no uso de inteligência artificial para aprimorar a interação digital com os consumidores. É nisso que aposta a Altis, uma startup sediada em Fort Lauderdale que está desenvolvendo o primeiro personal trainer virtual, que utiliza IA para treinar, avaliar e corrigir em tempo real o movimentos dos atletas.

A proposta pioneira tem sido bem recebida por investidores: neste início de 2022, a Altis já recebeu uma rodada de financiamento de US$ 10,5 milhões (a primeira delas em fevereiro, de US$ 7 milhões, e o restante há algumas semanas) para acelerar o crescimento e expandiras operações. Entre os novos investidores está Mike Capps, ex-presidente da Epic Games (desenvolvedora do sucesso Fornite) e que agora fará parte de um board com atletas profissionais (alguns que já participaram de Olimpíadas) e outros experientes executivos de mercado.

A ideia de desenvolver um personal trainer digital surgiu em 2018, em um encontro do empreendedor e influenciador fitness Jeff Halevy e o empresário e especialista em AI e machine learning Constantine Goltsev. Com o propósito de fundir ciência do exercício e tecnologia em uma plataforma de treinamento pessoal de baixo custo e alta eficácia, eles começaram a desenvolver as primeiras ideias e chamaram um grupo de desenvolvedores de visão computacional para atuar em conjunto como personal trainers, fisioterapeutas e ortopedistas para desenvolver o protótipo.

O primeiro aporte de capital, no valor de US$ 2 milhões, veio em 2020, liderado pela israelense PentaLab, grupo de investidores que ajudou a desenvolver negócios como o app de compartilhamento de viagens Juno e o serviço de comunicação Viber – ambos vendidos por mais de US$ 1 bi. 

Halevy é uma figura bem conhecida do mundo fitness e dos negócios: ele já desenvolveu e vendeu empresas de saúde, seguros, educação e mídia, além de ter criado em conjunto com a ex-primeira dama dos EUA, Michelle Obama, a Let’s Move!, iniciativa de combate à obesidade infantil.

Democratização do acesso ao exercício físico

“Este sistema operacional apoiará não somente a democratização do acesso ao exercício de qualidade e personalizado, mas também outras disciplinas ligadas ao corpo e o movimento humano, desde o pós-cirúrgico e a reabilitação até o alto desempenho”, comenta o CEO em entrevista à Refresh Miami. Agora, um dos focos são parcerias com health clubs e academias, como a Hyatt, que opera mais de 1,1 mil estabelecimentos e a LA Fitness, com uma rede de 150 unidades.

Selecionada como uma das tecnologias de saúde destaque em 2022, a plataforma da Altis é um console que se adapta a qualquer tela (TV, monitor e outros) e rastreia com precisão, utilizando AI e aprendizado de máquina, todos os movimentos do usuário a partir de um sistema de visão computacional que segue a mesma lógica explorada décadas atrás pelos “games de exercício” como Wii (Nintendo) e Kinect (Microsoft). Se o atleta não fez o movimento correto, o sistema corrige automaticamente mostrando o que precisa melhorar. Os programas são “hiper-personalizados”, de acordo com capacidades individuais, limitações e objetivos dos usuários.

Para aprimorar a tecnologia, e também apresentar à população, a Altis está convidando moradores de Fort Lauderdale interessados em treinar com o sistema, e ainda receber por isso. Em parceira com o coworking e academia WrkFitCo, localizado no centro da cidade, a startup oferece uma sessão de treinamento completa com feedbacks do uso e um cartão-presente de US$ 50.

Na visão da “lenda dos games” e agora sócio Mike Capps, “a aplicação da Inteligência Artificial do mundo real e da visão computadorizada em uma experiência gamificada e interativa pode ajudar a melhorar a qualidade de vida, usando em escala e de maneira acessível o melhor conhecimento que a ciência do exercício tem para oferecer”.

Texto: Fabrício Umpierres

Imagens: Divulgação/Reprodução de Instagram

    Leave Your Comment

    Your email address will not be published.*

    Forgot Password

    Header Ad