Categories

Most Viewed

Como começar a investir em Venture Capital

Por Marcello Gonçalves*

Vamos direto ao ponto. Aqui já vai um princípio básico, mas que a gente não pode deixar de frisar: por mais que VC seja uma forma de proporcionar tração às startups iniciantes, não use todos os seus recursos para impulsionar uma única empresa.

Acredite no projeto que você está apostando, mas não tente ser um herói, lembre-se de que sempre existe o risco. E é no risco que você perde ou ganha, dificilmente fica no zero a zero.

Portanto, se você planeja ser um investidor-anjo já comece diversificando o investimento. Para isso, defina o quanto você quer investir ao longo de 2 anos e distribua esse valor em no mínimo 10 startups. É aquela velha máxima de não colocar todos os ovos na mesma cesta.

Outro ponto importante é não se deixar cair na ilusão de que é fácil encontrar oportunidades de investimento sozinho e que tem tudo prontinho para você por aí. No melhor dos casos, pesquisando muito, você encontrará uma ou duas startups interessantes. É preciso entrar no circuito, firmar parcerias e caminhar com quem já percorreu algumas vezes essa jornada de busca do empreendedor e da solução mais promissora.

Estou nessa há um bom tempo, com grandes sucessos e outros nem tanto assim. E aqui na Domo Invest, por exemplo, nós chegamos ao patamar de analisarmos cerca de 4500 startups por ano. Parece muito, mas não é!

VC ainda tem muito para crescer no país e é por isso que você deve aproveitar. Portanto, para começar a investir em VC é preciso encontrar uma boa porta de entrada. Nesse sentido…

Os grupos de Anjos estão aí para te ajudar

Para ser assertivo, procure grupos de Investidores Anjos – uma rede de pessoas que investem juntos em oportunidades. Geralmente, esses grupos são liderados por um ou mais empresários com experiência. Eu sou um grande entusiasta desse recurso porque já vi como eles costumam ser bem-sucedidos, promovendo uma proximidade entre os investidores e investidos, isso sem falar na barreira de entrada ser menor, dado o valor de aporte ser mais dividido. 

Com a rede de apoio dos investidores anjo, você não se sentirá sozinho e poderá ter auxílio para o desafio de escolher quais startups investir. Visto que esses grupos já se organizaram de maneira estruturada e te apresentarão uma seleção de oportunidades que já foram previamente analisadas. Com um grupo de Anjos, você encontrará Deal Flows consistentes e poderá escolher os que mais se identifica.

Alguns grupos de Anjos que eu recomendo:

  • Anjos do Brasil: Uma das redes mais antigas do ecossistema de startups do país, é responsável também por disseminar a cultura de investimento anjo no país. Fundada em 2011, hoje reúne 500 investidores em núcleos espalhados pelo Brasil.
  • GV Angels: rede composta exclusivamente por ex-alunos da FGV que juntos R$450 milhões distribuídos em 42 startups.
  • Poli Angels: associação de investidores, empreendedores e empresários, fundada por ex-alunos da Poli-USP que já fizeram aportes em 21 startups. 
  • FEA Angels: rede de executivos, empreendedores e ex-alunos da Faculdade de Economia e Administração da USP que têm por missão a transformação do empreendedorismo por meio de conhecimento, networking e investimento anjo. 
  • Insper Angels: rede formada por ex-alunos do Insper, que tem como diretriz oferecer aos seus membros a possibilidade de networking e de aprendizado constante.
  • Harvard Business School Alumni Angels of Brazil (HBSAAB): formada por ex-alunos brasileiros da Harvard Business School interessados em investir capital financeiro e promover capital intelectual em novas empresas. 
  • Bossanova: VC mais ativo da América Latina, investem em startups no estágio pré-seed; Empresas B2B ou B2B2C com modelos de negócios escaláveis e digitais que estejam operando e faturando.
  • BR Angels Smart Network: Formado em 2019, é uma associação composta por mais de 200 profissionais C-level, conselheiros e importantes empreendedores dentro do segmento de startups no país.
  • Silver Angels: Fundada em 2019, conta com 40 líderes executivos e empreendedores com foco na troca de aprendizados sobre o mercado de start-ups. Tem como slogan que “aportar nosso smart é tão importante quanto aplicar nosso money”.

Não invista só dinheiro

Lembre-se que Venture Capital é mais do que recursos financeiros. Como você viu acima, todos os grupos estão preocupados em doar outros ativos, igualmente valiosos, para o empreendedor. Por isso, escolha startups que você se identifique e possa contribuir com conhecimento e expertise. 

Pense no seu histórico e qual a sua vantagem competitiva para ajudar aquela empresa a crescer. Além disso, mobilize seu Networking para contribuir com a nova empresa. Os seus anos de experiência no mercado te proporcionaram uma rede de contatos que pode ser muito rica para o empreendedor iniciante. 

Qual é a receita do bolo?

Com certeza o ingrediente número um é nunca investir em apenas uma startup. Então procure uma rede de investidores anjos que já esteja estruturada para que você encontre diversas oportunidades de investimento e de conhecimento. 

Se conecte com os empreendedores que você investe. Mais do que capital financeiro, doe suas habilidades e competências. VC é um mundo de oportunidades de negócios e negócios são feitos de relacionamentos entre pessoas.

Na dúvida, recorra aos livros

– Smart Money, do meu querido amigo João Kepler

– Angel Investing, do David Rose

– Secrets of Sand Hill Road, do Scott Kupor

– Venture Deals, do Brad Feld

Conclusão

Se tornar um Venture Capitalist requer trabalho árduo. É necessário estudo e dedicação. Afinal, temos muitos fatores envolvidos: o nosso nome, o dinheiro dos nossos investidores, o sonho grande dos empreendedores e iniciativas que podem mudar ou inaugurar indústrias e mercados, impactando milhares ou milhões de vidas. 

Nesse sentido, por mais que você acredite no seu talento e potencial em VC, cercar-se de quem já trilhou esse caminho ou de pessoas com interesses afins encurta caminhos e te dá escala, tudo que a gente quer de startups promissoras – e que serve para esse desafio grande que o Venture Capital abre para você.

    Leave Your Comment

    Your email address will not be published.*

    Forgot Password

    Header Ad